Em defesa de mais WordCamp em Portugal

Em defesa de mais WordCamp em Portugal

Depois de algumas conversas tidas em Belgrado, quando do WCEU 2018, e ao longo dos últimos meses, venho apresentar esta ideia: a realização de mais WordCamp em Portugal.

Apesar dos esforços realizados ao longos dos anos, creio que ‘a comunidade’ é ainda muito insípida no nosso país. Todos temos as nossas opiniões sobre as causas mas creio que, neste momento, em vez de debater questões mais ou menos filosóficas, será importante procurar responder a esta dificuldade.

Nos últimos anos, as comunidades que mais cresceram na Europa foram aquelas onde ocorrem mais eventos. Exemplos: Espanha, Itália, Grécia, Finlândia.

Porque não tentar fazer o mesmo em Portugal?

Bem sei que a lógica manda que primeiro haja comunidade e só depois haja um WordCamp.

Por isso, porque não começar com as duas principais cidades e ir alargando a outras, de forma progressiva? Isto é, passaria a haver WordCamp no Porto e Lisboa todos os anos. Depois entraria outra cidade e, eventualmente, mais outra.

“Ah, o país é pequeno…”

Nem todos os WordCamp precisam de ter 300 participantes. Pode haver eventos mais pequenos, com 100, 150, 200 pessoas. Pode haver WordCamp genéricos e temáticos (ecommerce, desenvolvimento e programação, design, para iniciados, etc.)

Como é óbvio não tenho certezas. Tenho, no entanto, a intuição de que a realização de mais eventos da dimensão de um WordCamp em Portugal pode ser importante para criar e dinamizar a Comunidade Portuguesa de WordPress.